Prefeitura de Silvânia entrega revitalização da Biblioteca Coronel Pirineus

Acontece na próxima quinta-feira (24) a entrega da revitalização da Biblioteca Municipal Coronel Pirineus. O prédio passou por ampla reforma, numa parceria entre a Prefeitura de Silvânia e a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) através do Fundo de Arte e Cultura.

Foram investidos mais de R$ 100 mil na recuperação do telhado, instalações elétricas e hidráulicas, troca do piso, janelas e pintura. “Esta é uma ação importante da Secretaria de Cultura de Silvânia, em virtude da simbologia deste local para a história de nossa cidade”, ressaltou o secretário Valdir Rosa, se referindo ao prédio histórico.

Construído em 1919, o local conhecido como “Casa da Cultura”, já abrigou uma escola, salão de festas e um banco. Em 1982 foi reformado e adaptado, passando a sediar a biblioteca da cidade e outros órgãos culturais.

A Biblioteca Municipal foi criada em 1943 e faz parte do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas, seu acervo inicial é remanescente do Clube Bibliotecário Bonfinense, criado pelo Coronel Antônio Pirineus de Sousa, de quem leva o nome, hoje seu acervo possui quase 10 mil volumes.

Na solenidade desta quinta o prédio será reaberto e o acervo da biblioteca estará novamente à disposição de todos, assim como suas salas de estudo e o telecentro. O evento acontecerá a partir das 15h na Praça do Rosário.

O Coronel

Bonfinense, Antônio Bertoldo de Sousa nasceu em 1879, filho de Antônio Bertoldo de Sousa e Luísa Francisca da Silva. Seguiu carreira militar e em 1903 conseguiu permissão para trocar seu sobrenome, passando a utilizar Pirineus de Sousa. Foi nomeado oficial pela Escola Militar do Brasil em 1906 e casou-se com Maria de Lourdes, mas não deixaram descendentes.

Era um exímio leitor e mantinha na casa de sua mãe, na Praça do Rosário, o Clube Bibliotecário Bonfinense, cujo acervo foi repassado ao município, anos depois. Pirineus foi braço direito de Marechal Rondon e trabalhou na construção das linhas telegráficas de Mato Grosso ao Amazonas. Morreu em 1936 ainda como Coronel.

ASCOM Prefeitura

Compartilhar

Desenvolvido por